Consultório Particular de Psicologia

Barbacena-MG

Largo Marechal Deodoro - Centro - Edifíco Mário Vitoretti - Sala 324/3º andar

Entre em contato!

Paula Oliveira, (32)8803-2012

Ah! Isso não é nada! É psicológico!

 

Na mais pura das intenções, acredito que você já tenha dito isso pra alguém numa tentativa de ajudar a pessoa a se sentir bem novamente ou até mesmo encontrar uma solução para um determinado problema, mas aposto que quando alguém te disse isso, essa mesma frase “é psicológico” no mínimo o que você deve ter tido foi uma sensação de confusão, pois o que você estava sentindo no momento era real. Acredito que tenha se sentido incompreendido e desolado, “Ah! É psicológico! Passa!” Tal frase tanto pode ser proferida por alguém em quem você muito confia, como amigos, familiares, bem como por um médico ao qual se busca uma resposta para este mal-estar.  Este tipo de frase é um grande desrespeito ao sofrimento humano, ter um problema psicológico não significa “não ter nada”, “ser coisa da sua cabeça”, não significa que lhe faltou força de vontade, que vai passar com o tempo, ter depressão não significa que você quer sofrer, ter síndrome do pânico, não significa dizer que os problemas estão em sua mente, ter transtorno obsessivo compulsivo não significa simplesmente que você deve parar de fazer o que está fazendo...

Um simples corte no dedo já nos leva a uma medida curativa, mas e quando o problema é invisível a olho nu, interno, psicológico? Você procura tratamento? Ou avalia a necessidade, já que em nossa sociedade infelizmente já está enraizada a ideia de que “é psicológico”? Não se iluda, ter um problema psicológico é tão sério quanto ter uma doença orgânica, eu diria que em muitos casos é até pior, geralmente as doenças orgânicas se curam com remédios, problemas psicológicos sem tratamento causam danos em efeito dominó, primeiro te avassala, como consequência você já não consegue ser o mesmo em casa, nem ter a mesma disposição no trabalho, já não tem vontade de ter vida social, vai se isolando, afastando as pessoas de você, te prejudicando a cada dia mais, em muitos casos há o adoecimento orgânico como consequência  dessa enorme carga de estresse... Portanto rompa imediatamente com essa ideia! “Ser Psicológico” requer tratamento especializado.

Todo e qualquer problema de ordem psicológica deve ser respeitado e tratado com seriedade, como qualquer outra doença. Procure por um profissional especializado quando tiver prejuízos em contextos e âmbitos pessoais, familiar, sociais, profissional, emocionais, fisiológicos, físicos, enfim, não há camuflagem nem blindagem contra problemas psicológicos, mas existe alguém que pode te ajudar: O Psicólogo!

 

Consultório Particular de Psicologia

Atendimento Psicológico de qualidade e rigor ético

Infantil e Adulto

Largo Marechal Deodoro – Centro – Edifício Mário Vitoretti – Sala 324/3º andar

Barbacena-MG

Psicóloga Responsável - Paula Oliveira. CRP-04/35404

Entre em contato através do telefone (32)8803-2012, pelo e-mail paulaa.oliveirapsi@gmail.com ou através do site www.psicol.com.br

“Há 2 anos oferecendo qualidade de vida à população de Barbacena e região.”

Faça-nos uma visita. Marque sua consulta.

Convênio com: PLANAF, SINPRO MINAS, PAZ ETERNA

Paula Oliveira é Psicóloga Clínica, Especialista em Psicologia da Saúde/Hospitalar, possui experiência clínica no tratamento de Transtornos da Aprendizagem, TDAH/TDA, Transtornos da Ansiedade, Transtornos Depressivos, Transtornos do Comportamento, Trauma Psicológico, Transtornos da Eliminação (Encoprese/Enurese), Doenças Psicossomáticas, Crises, Comportamentos disfuncionais típicos da adolescência, Bullying, Transtornos do Desenvolvimento, Estresse, Transtornos da Personalidade, Saúde Mental; Tratamentos Psicológicos de fundamentação psicanalítica, dentre outros e outras patologias e suas comorbidades.

Escreve mensalmente para a Coluna Frente a Frente do Jornal O Povo da cidade de Barroso – MG.

© Copyright 2012-2013
Consultório Particular de Psicologia